Como iluminar a Cozinha

É na cozinha que a luz está mais horas acesa, o que faz com que as lâmpadas para esta divisão sejam as frias que por aquecerem pouco são mais económicas. As zonas de trabalho, como o fogão e o lava-louças requerem uma iluminação direccionada, potente e que não crie sombras.

Se a sua cozinha tem tecto falso, os focos que direccionam a luz com lâmpadas de baixo consumo são a opção perfeita para a iluminação geral: poupar energia, não aquecem e são muito potentes, razão pela qual só terá de instalar uma a cada 3m2.

Em cozinhas pequenas pode optar por apliques de parede pois proporcionam uma luz brilhante e clara, ideal para a iluminação geral, criando ao mesmo tempo luz pontual para cozinha.

As lâmpadas de Halogéneo Chama de 60W da Philips são ideias para os apliques e têm a vantagem da sua intensidade pode ser reduzida de forma a criar uma luz mais íntima.

Na despensa e outras zonas de arrumação coloque pequenos focos direccionáveis inseridos no tectos, assim quando abrir os armários pode ver com mais precisão o que contêm.