Como Iluminar a Sala

A sala de estar é das divisões mais difíceis de iluminar com sucesso, devido à sua enormidade de usos. O seu objectivo deve ser conseguir uma boa iluminação de ambiente, que pode oscilar entre brilhante e esbatida, dependendo da disposição do momento. Além desta, a sala deverá ter alguns pontos específicos bem focados com luz, dependendo das necessidades do local.

É importante que nunca falta iluminação em sitios onde tenha de ler, escrever ou praticar algumas acções que precisem de uma luz especifica  – note, por exemplo, que para a leitura é indicada uma luz não  muito forte e que um livro, um jornal ou uma revista deve ser lido com uma iluminação que se encontre por trás do leitor. O essencial é que, de dia ou de noite, a sala esteja bem iluminada e de acordo com o resto da decoração.

Em relação à sala de jantar (que pode ou não estar independente da sala de estar), as necessidades são um pouco diferentes. Indispensável é que a mesa de refeições esteja bem iluminada, sem ofuscar a vista. A iluminação de ambiente deverá ser atenuada, preferencialmente por um interruptor que permite regular a intensidade da luz (lembre-se de que as luzes fluorescentes são dificilmente reguladas).

Pode recorrer a luzes adicionais, aplicadas nas paredes (candeeiros ou pequenos focos), para iluminar a copa e as áreas destinadas ao serviço e, se quiser dar um efeito mais teatral ao espaço, utilize luzes dirigidas para o tecto.