Decoração com stickers

A crise económica e as alterações nos hábitos de consumo têm sido incentivo para a criação de alternativas para a decoração de espaços. Ideias mais práticas, fáceis de executar em pouco tempo e, claro, mais baratas. O exemplo que lhe vamos apresentar hoje tem-se difundido muito nos últimos tempos e está conquistar as paredes dos portugueses – são os Stickers.

Alternativa à pintura

Até há algum tempo, as únicas formas de dar alguma “graça” às paredes eram a pintura criativa, a colocação de quadros, prateleiras, posters… A primeira alternativa, a pintura, apesar de eficiente é muito mais complicada de executar e os custos são mais elevados. Além disso, pintura artística não é para todos e, no caso de não ter jeito para as ates, teria mesmo que contratar uma empresa especializada. Quanto às outras opções, envolvem sempre a necessidade de colocar pregos danificando a parede. Além disso, restringem-se a formatos retangulares ou com outras formas geométricas “normais” – não permitem movimento, formas abstratas.

Com os stickers é muito mais fácil decorar uma parede de forma criativa e fácil. Uma das grandes vantagens é existirem stickers nas mais variadas formas, tamanhos e cores. Muitas empresas têm desenvolvido autênticas obras de arte que se colocam em poucos segundos e fazem toda a diferença. Além de fáceis de colocar, adaptando-se a diversas superfícies diferentes, os stickers são fáceis de remover, não deixando qualquer marca. São também laváveis, o que lhes permite durar muito mais tempo.

Renovar a decoração

Apesar de poderem ser colocados em qualquer divisão e em qualquer altura, os stickers são especialmente adequados para quem quer variar um pouco a decoração de uma espaço – ou até da casa toda! Por exemplo, num quarto, basta mudar a colcha, os cortinados e os tapetes, colocar um sticker apelativo na parede e sentirá logo a diferença. Além disso, como é possível retirar e voltar a colocar poderá variar entre stickers diferentes!